News
Como Sei O Meu Gasto Calórico? - haydu Como Sei O Meu Gasto Calórico?

haydu — Como Sei O Meu Gasto Calórico?


Blog Do André Rocha


Sim, o website poderia homenagear o novo artilheiro da Copa, Harry Kane, denominado como furacão pelo amigo PVC. Cinco gols em dois jogos, incluindo um sem ambicionar, justamente o que o colocou na frente de Cristiano Ronaldo e Lukaku. Poderia homenagear a Inglaterra do mesmo cidadão Kane, dona da maior goleada do Mundial da Rússia até prontamente: 6 x 1. E que está ainda mais roqueira com os 2 gols do zagueiro artilheiro Stones.


Poderia ressaltar o emocionante empate de Japão e Senegal por 2 x 2, um jogo que reuniu 2 coadjuvantes que dividem a liderança do grupo H, com vantagem dos samurais japoneses devido a do fair play. Que tal pronunciar-se do chocolate da Colômbia pra cima da Polônia? Com gols do ex-palmeirense Mina, de Falcão Garcia e de Cuadrado, os colombianos eliminaram os poloneses, se mantiveram na disputa por uma vaga e irão pro tudo ou nada contra os senegaleses. Sim, seria uma ótima opção. Mas não dá para não apresentar de Baloy.


As lágrimas do panamenho depois de fazer o primeiro gol da história do Panamá pela Copa do Mundo e a comemoração da torcida como se tivesse conquistado um título mostraram em um lance o que é o futebol. Baloy, com passagens por Grêmio e Atlético Paranaense, esperou a vida inteira neste momento.


Disputar uma Copa do Mundo aos 37 anos e fazer um gol de imediato perto da aposentadoria é o máximo que ele poderia atingir. Um homem bem como chora, menina morena. Eis a lição do guerreiro menino Baloy. Será que vai ter mais choro no começo da terceira e última rodada da primeira fase? A segundona promete. Façam tuas apostas!


Porém àquela data eu não dava muito valor às ideias que tinha, estava envolvido em outros focos. Até escrevi um artigo sobre isto essa tal galocha, com o título “Uma obra prima de borracha”, em que propunha exatamente esse aperfeiçoamento. Porém aquilo foi, como dizem, “fogo de palha”, não levei a ideia à frente.


Os anos foram passando e, em torno de 2009 e 2010, estava passando por uma etapa de muita enxaqueca, praticamente todo dia, e não conseguia desempenhar tarefas que me exigiam um raciocínio mais complicado, uma concentração superior. Por isso acabei de terminar ficando “solto no mundo” e, durante esse tempo, passei a notar o posicionamento das pessoas, tomava meus cafezinhos, colocava o pé pela rua, e esse vício acabou me despertando bem como para essa área. Nesta mesma época, eu costumava tomar muito açaí pela tigela, ia em tudo quanto era “buraco” para tomar minha sobremesa preferida.


Provando, analisando o que era ótimo, o que não era. Resolvi fazer uns testes em residência. Comprava aqueles “bloquetes” de polpa de açaí congelado, fiquei mais um menos um ano e meio testando e aprimorando o procedimento manual de bater a polpa de açaí com xarope de guaraná e cheguei em um creme dos deuses.


  • Mural da Vila de malas prontas para viajar 5 de fevereiro de 2018

  • 6 motivos pra Fazer um Site Corporativo o quanto antes

  • 17 de julho de 2015 às 13:25

  • Elas tiram imagens umas das outras


Fui pra Taubaté-SP, fiquei mais ou menos uns 6 meses com um técnico. Ele fazia máquinas pra indústrias e empresas, e a gente tentou fazer essa ideia, porém deu tudo errado, a gente saía com açaí até nas costas graças às explosões que ocorriam — mas a máquina que era agradável não deu correto.


Eu não tinha mais dinheiro para investir. Falei: “agora chega, não aguento mais, é hora de partir pra outra”. Todavia durante estes 6 meses - essa é a divisão mais relevante - eu pensava muito sobre como fazer adaptações nessa máquina, que levassem a um açaí cremoso. Esse projeto não conseguimos completar, todavia essa procura por soluções para as dificuldades que essa máquina apresentava, isto sim despertou muito a minha mente. Nessa época, tinha ideias em pacote. Eram 10, vinte ideias por dia, somente vendo as pessoas e “pensando pela vida”.

© haydu 03 Jul 2018 07:41 pm